Política

Fogo amigo: Alan Sanches "pede cabeças" de major Botelho e Bobô

Imagem Fogo amigo: Alan Sanches "pede cabeças" de major Botelho e Bobô

Deputado da base governista critica posturas do diretor do Detran e do superintendente da Sudesb

Publicado em 28/08/2013, às 11h32        Marivaldo Filho (Twitter: @marivaldofilho)

Na sessão ordinária da tarde desta terça-feira (27), o deputado estadual Alan Sanches (PSD), que compõe a base aliada do governo Wagner, não fez a mínima questão de esconder sua insatisfação contra dirigentes de importantes autarquias do governo estadual. Em discurso no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia, o parlamentar não hesitou em disparar que “nem mesmo os aliados de primeira hora” conseguem atenção no Detran e na Sudesb.
Explicitando nomes, Sanches afirmou que tenta sem sucesso há, nada menos, que cinco meses uma audiência com o diretor-geral do Detran, major Maurício Botelho. “Um dirigente como esse não tem a menor condição de continuar à frente de um órgão como o Detran. Afinal, quando o procuro não vou militar em causas próprias, mas sim em nome do povo”.
Raimundo Nonato Tavares da Silva, popularmente conhecido como Bobô, que ocupa o principal cargo na Sudesb também não escapou das críticas. Segundo o pessedista, Bobô, que deixa claro o desejo de eleger deputado estadual em 2014, tem dificultado a concretização de simples projetos, como o Caravana do Lazer, que leva atividades esportivas para as famílias baianas nos finais de semana. “Entregamos nossos pedidos e ele exige um catatal de documentos, o que tem inviabilizado os nossos pleitos. Não podemos conviver com esse tipo de atitude em pleno século XXI e garanto que a queixa não é só minha”. 
As afirmações de Sanches, inclusive, receberam a solidariedade de companheiros não apenas de deputados da bancada da oposição. Na oportunidade, os deputados Leur Lomanto Júnior (PMDB), João Carlos Bacelar (PTN) e Adolfo Menezes (PSD) também explicitaram instatisfação com a postura dos dirigentes de autarquias. 

A reportagem do Bocão News tentou contato com o diretor do Detran, major Botelho, e com o superintendente da Sudesb, Bobô, mas até a postagem desta matéria não obteve êxito.

Nota originalmente postada às 20h30 do dia 27

Classificação Indicativa: Livre