Política

Leur contraria maré e diz que Geddel é melhor nome para 2014

[Leur contraria maré e diz que Geddel é melhor nome para 2014]
25 de Outubro de 2013 às 22:47 Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
O deputado estadual Leur Lomanto Júnior (PMDB) contraria a onda recente que a cada dia aponta que Paulo Souto será o candidato das oposições na Bahia para o Governo do Estado no ano que vem e diz que, na sua opinião, Geddel Vieira Lima é o melhor nome para o bloco. Para ele, o presidente estadual do seu partido é o que reúne melhores características para o trabalho neste momento.
 
“Geddel tem demonstrado disposição, vontade, determinação e profundo conhecimento dos problemas do Estado”, defendeu o deputado. Leus acrescentou ainda que Geddel pode ter avaliado seu potencial de gestão ao ser lembrado seu período como ministro da Integração nacional, no qual capitaneou uma série de obras no Brasil e boa parte delas na Bahia. 
 
O deputado, por outro lado, admitiu que há a questão dos demais pré-candidatos, mas afirmou que defenderá a candidatura de Geddel que, além de tudo, demonstraria coragem ao divergir do PMDB nacional e ficar situado ao lado da oposição a Wagner. Por último, reiterou que, apesar do ex-ministro ser seu favorito para a disputa, o verdadeiro líder oposicionista baiano se chama Acm Neto (DEM), prefeito de Salvador.
 
Apesar dos argumentos de Leur Lomanto, a realidade atual para o bloco adversário de Wagner é a de que Paulo Souto parece ser o candidato que desponta. Teoricamente, dos que desejam o posto entre os aliados, o ex-governador é o único que não deseja isto para si ao menos de maneira frontal. Atualmente, Souto deseja perceber o clamor popular para, só então, avaliar se pode mesmo tentar mais uma eleição.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar