Política

Nilo não espera o governador e começa solenidade sem ele

[Nilo não espera o governador e começa solenidade sem ele]
01 de Abril de 2014 às 06:11 Por: Gilberto Jr Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

O encanto acabou, ao menos é o que parece. Seria inimaginável, tempo atrás, o presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Nilo (PDT), começar uma sessao em que o governador Jaques Wagner fosse convidado sem a presença dele. Hoje (31), ele se rebelou. Deu inicio à histórica sessão de devolução dos mandatos dos deputados cassados na ditadura militar sem Wagner ter chegado.
 
O cumprimento foi seco, sem os arroubos de antes. Nilo, como todos sabem, foi preterido da chapa governista à sucessão. Ele viu seu nome sair do pareo pela imprensa. Em seu lugar, na vaga de vice, ficou Joao Leão (PP). Nilo ainda não se conformou. Os dois sentaram lado a lado na mesa, mas mal trocaram palavras. Obedeceram apenas ao protocolo.
 
Em um determinado momento, eles até chegaram a cochichar e trocar risos, mas longe de ser o ambiente que se tinha antes. Na plateia, o lider do PT, Rosemberg Pinto soltou uma piadinha, que encontrou eco nos petistas titulares das secretarias de Educação, Osvaldo Barreto, e de Políticas para Mulheres, Vera Lúcia Barbosa. "Marcelo voltou a ficar amiguinho do governador", disse Pinto, ao que os outros responderam com uma sonora gargalhhada.

As informações são da repórter Cíntia Kelly.


Publicada no dia 31 de março de 2014, às 11h37
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar