Política

Servidores da limpeza de Cardeal da Silva conseguem novas condições de trabalho

[Servidores da limpeza de Cardeal da Silva conseguem novas condições de trabalho]
02 de Abril de 2014 às 21:00 Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
Após denúncias de trabalho escravo de servidores da limpeza no município de Cardeal da Silva, um acordo foi firmado na manhã desta quarta-feira (2), entre a empresa ART Construções e Serviços que presta serviço de limpeza pública ao município, o diretor jurídico do Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza Pública - Bahia (Sindilimp - BA) Luiz Carlos Suíca, o diretor financeiro do Sindilimp Agreste, Claudio de Araújo e o diretor executivo da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Edson Araújo. 
 
O acordo firmado prevê que os 23 trabalhadores permanentes no cargo, ganhem piso salarial de R$745 com insalubridade de 40% para os coletores e 20% para varredores, cesta básica, alimentação, café da manhã e o pagamento referente ao período em que foi trabalhado sem carteira, este último para todos os 29 funcionários. A Prefeita do município, Maria Quitéria (PSB), mostrou-se solicita diante do acordo.
 
Segundo Edson Araújo, a direção fica grata por ter um sindicato tão ativo como o Sindilimp que, diante da denúncia, foi de encontro a empresa para resolver o problema. E, em referencia ao coordenador jurídico e vereador de Salvador, Luiz Carlos Suíca (PT), ele disse: “Ainda bem que temos alguém compromissado em defender os interesses dos trabalhadores”.
 
Já para Suíca, a ação foi mais do que justa com os trabalhadores. “Não podemos admitir nenhum tipo de trabalho escravo. Eles têm o direito de ter a carteira assinada como um trabalho digno e receber pelo serviço realizado”, disse.  
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar