Política

Servidores do Samu paralisam atividades na próxima segunda-feira (12)

Imagem Servidores do Samu paralisam atividades na próxima segunda-feira (12)

Trabalhadores se reunirão na sede do órgão, no Pau Miúdo, a partir das 8h

Publicado em 10/05/2014, às 08h34        Marivaldo Filho (Twitter: @marivaldofilho)

Servidores municipais de Salvador que trabalham para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) resolveram cruzar os braços por 24h na próxima segunda-feira (12). O ato é em solidariedade às reivindicações do Sindicato dos Servidores Municipais de Salvador (Sindseps), que está em greve desde 24 de abril.

Os médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem concursados irão se reunir, a partir das 8h, na sede do órgão, no bairro do Pau Miúdo com a presença dos diretores do Sindseps.

“Vamos cumprir a lei e deixar 30% dos profissionais à disposição. Acompanharemos as manifestações dos servidores e orientaremos os trabalhadores no sentido de fazer uma escala que não deixe a população descoberta”, declarou Everaldo Braga, diretor do Sindseps.

De acordo com Everaldo Braga, os trabalhadores de saúde concursados são representados pelo Sindseps. Motoristas e profissionais que não são servidores municipais são representados pelo Sindicato dos Servidores do Samu (Sindsamu).

O Plano de Cargos e Vencimentos (PCV) e o reajuste dos servidores municipais são as principais pautas de reivindicações.

Publicada no dia 09 de maio de 2014, às 16h38


Classificação Indicativa: Livre