Cidades

Salinas: não estou inteirada, diz presidente da Câmara sobre agressão de edil

[Salinas: não estou inteirada, diz presidente da Câmara sobre agressão de edil]
24 de Maio de 2017 às 13:25 Por: Reprodução Por: Redação BNews
 
Um vereador de Salinas das Margaridas, no Recôncavo baiano, é acusado de agredir uma mulher durante um festejo na região, no domingo (21). Ainda é desconhecido o motivo da suposta agressão que teria sido cometida por Humberto Raimundo dos Santos Filho (PDT), conhecido como Diego. O fato ocorreu na Praça de Encarnação, distrito de Salinas. No vídeo, o vereador aparece agredindo uma pessoa com socos.
 
Procurada pelo BNews, a presidente da Câmara de Salinas das Margaridas, no Recôncavo Baiano, Maria de Fátima Pepe Cerqueira (PSD), a professora Mara, disse que não tem posicionamento sobre o comportamento do vereador. No entanto, em conversa com a reportagem, a presidente da Casa afirma que o edil fez um pronunciamento sobre o fato.
 
“Eu não estou inteirada sobre o que aconteceu domingo. Ele até me confessou que estava numa situação com a esposa dele, e que a esposa dele foi agredida. Eu não sei que proporção está. Ontem, inclusive, ele se pronunciou na Câmara sobre isso”, disse.
 
Nas redes sociais, moradores do município compartilham vídeos e pedem que o vereador seja afastado do cargo.“Meu Deus... A que ponto chegamos! Cabe ao Vereador o direito de defesa! Explicar ao povo salinense sua motivação! Sem jamais esquecer das explicações das vítimas. O parlamentar deve ajudar o povo. Não é essa a função institucional de um vereador. Aguardamos as explicações do Parlamentar”, relata um morador da região.
 
 
O vereador foi procurado, mas as ligações não foram atendidas, nem retornadas. Na rede social, também circula uma reprodução que revela o possível posicionamento do vereador diante da situação.
 
“Olhe minha conduta dentro do município, e olhe a dela. Olhe quantas passagens tenha na polícia por causa de agressão, e olhe a dela. Falar e criticar é fácil, qualquer um pode fazer como você está fazendo, me criticando sem saber o real motivo. Ninguém pense que vai me agredir fisicamente e verbalmente que vou ficar calado por causa de política”, diz trecho da publicação feita pelo edil.
 
O site entrou em contato com a delegacia da cidade, mas foi informado que não havia ninguém para falar sobre o caso ocorrido do final de semana.
 
O vereador procurou a reportagem e se posicionou sobre o fato. Leia aqui.
 
 
Matéria relacionada
 
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar