Coronavírus

Neto repudia Bolsonaro: “ele desrespeita a dor das famílias que perderam seus entes por causa do coronavírus"

[Neto repudia Bolsonaro: “ele desrespeita a dor das famílias que perderam seus entes por causa do coronavírus
Por: Vagner Souza / BNews Por: Tamirys Machado e Luiz Fernandez 0comentários

O prefeito de Salvador e presidente nacional do Democratas, ACM Neto repudiou nesta quarta-feira (25), as declarações do presidente da República, Jair Bolsonaro, feitas na terça (24), criticando o isolamento social e classificando o Coronavírus como “gripezinha”. Durante a inauguração de uma nova unidade para população em situação de rua, o Centro Pop Djalma Dutra, em Salvador, Neto disse que ficou perplexo com as declarações que “colocam em risco as pessoas”.

“Tenho procurado ao máximo aumentar a temperatura do debate político nesse momento. Acho que temos que deixar as divergências de lado e todos dar as mãos para enfrentar a mais grave crise de saúde pública, econômica e social que o país já enfrentou. Mas, confesso a vocês que ontem fiquei duplamente perplexo. Como prefeito e como cidadão. Considero que as declarações do presidente são lamentáveis, inaceitáveis. Nós temos feito um esforço absurdo, prefeitos, governadores em todo o Brasil, para adotar medidas de restrição do fluxo de pessoas nas ruas. Eu tenho apelado as pessoas para ficarem em casa”, disse, na manhã desta quarta (25). 

O prefeito afirmou que entende o impacto que as medidas causam à economia. “Nós sabemos o impacto que todas essas medidas têm na economia. Claro que tudo isso pode significar o emprego de muita gente, claro que vai repercutir na arrecadação da prefeitura. mas, eu disse que se todo esse sacrifício tiver ao fim salvar a vida de uma pessoa, já teria valido a pena, imagine a vida de milhares de pessoas. Está mais do que claro que o que aconteceu na Europa é fruto da falta de medidas preventivas e restritivas. Cada medida que eu anuncio eu faço de coração partido, porque a gente sabe das consequências. No entanto, eu considero as declarações do presidente irresponsável, porque a essa altura o que a gente precisa é de união. Quando ela fala de uma gripezinha, ele também está desconsiderando a dor e o sofrimento das famílias que já perderam seus entes, pessoas que já morreram do Coronavírus, ele está desrespeitando as pessoas que estão enfermas, reclusas e em isolamento. Ele está desconsiderando o sacrifício que todos nós estamos fazendo e o risco que todos nós estamos correndo no Brasil.  Nós não somos irresponsáveis, nós estamos falando de vidas” completou Neto, finalizando o discurso elogiando o trabalho do ministro da Saúde, Henrique Mandeta. 
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas