Direto de Brasília

Luiz Galvão: "Essa forma de saída me deixou um pouco chateado"

[Luiz Galvão: "Essa forma de saída me deixou um pouco chateado"]
03 de Maio de 2021 às 18:10 Por: BNews/Victor Pinto Por: Victor Pinto* e Henrique Brinco

O secretário-executivo do Ministério da Cidadania, Luiz Galvão, abriu o jogo sobre como se sentiu ao ser rifado pelo prefeito Bruno Reis (DEM) do comando das Prefeituras-Bairro de Salvador após João Roma (Republicanos) romper politicamente com o ex-prefeito ACM Neto (DEM). O baiano estava no cargo por indicação do republicano.

"Não briguei com ninguém. Acho que a relação pessoal permanece com todo mundo. Continuo gostando das pessoas da mesma forma. Confesso que essa forma de saída me deixou um pouco chateado. Não por ter sido exonerado, mas pelo fato de você ter passado mais de oito anos à frente de um cargo e você sair sem ao menos um 'muito obrigado', um reconhecimento pela sua participação na trajetória. Só realmente isso que ficou faltando", declarou, em entrevista ao BNews, em seu gabinete em Brasília nesta segunda-feira (3). 

Apesar da mágoa, Galvão avalia que foi recompensado posteriormente ao ser convocado pelo padrinho político para atuar na capital federal. "Mas acho que dei a minha contribuição. As pessoas que trabalham não precisam dizer que trabalham. O reconhecimento do trabalho vem através das pessoas. Acho que dei o meu melhor. De certa forma, acabei sendo reconhecido e estou em uma posição estratégica podendo ajudar agora muito mais gente do Brasil todo", completou.

Leia a entrevista completa aqui.

*O editor de política do BNews viajou para Brasília para a cobertura especial da CPI da Covid.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar