Eleições 2020

Vilma Reis diz que PT não tem dono e critica militarização da política

[Vilma Reis diz que PT não tem dono e critica militarização da política]
Por: Henrique Brinco Por: Henrique Brinco 0comentários

A socióloga Vilma Reis, pré-candidata do PT à prefeitura de Salvador, revelou ao BNews os motivos que a levam se manter no páreo para a corrida eleitoral pela prefeitura de Salvador - mesmo com as informações de que a Major Denice Santiago, com o apoio explícito do governador Rui Costa (PT), já construiu maioria interna e deve ser alçada pela sigla no pleito. 

"Sou uma militante de esquerda que defende uma agenda de direitos humanos. Hoje, no dia 14 de março, dia do assassinato de Marielle Franco, a maior dignidade que podemos ter é lutar para defender esse partido como partido de esquerda e instrumento de luta da classe trabalhadora", ressalta. 

Sem fazer referência direta a Denice, Vilma diz: "Não achamos que o partido tem dono e continuamos com a nossa posição contra a militarização da política. Isso para a gente é fundamental em um Estado em que temos o status que nós temos. Numa cidade em que as nossas mães negras vivem apavoradas, não podemos recuar um milímetro do que nós acreditamos".

A socióloga afirma que continua em agenda pela cidade para a construção de um programa de governo e destaca que conseguiu uma grande vitória nesse processo: fazer com que o PT lance uma candidatura própria negra em 2020.
"Conseguimos três vitórias aqui: primeiro, garantir que o PT tivesse candidatura própria; a segunda é que a gente desbloqueou o debate sobre os problemas da cidade; e a terceira é que uma mulher negra vai ganhar a eleição em Salvador", destaca.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas