Eleições 2020

Major Denice tenta diluir polêmicas e conquistar confiança de petistas em evento virtual

[Major Denice tenta diluir polêmicas e conquistar confiança de petistas em evento virtual]
Por: Arquivo Por: Henrique Brinco 0comentários

A Major Denice Santiago (PT), pré-candidata a prefeita de Salvador, fez mais um movimento na tentativa de conquistar a confiança da ala petista que ainda tem resistência ao seu nome. Sem poder fazer o corpo a corpo nas comunidades por causa da pandemia do novo coronavírus, a ex-comandante da Ronda Maria da Penha tenta ganhar algum tipo de protagonismo nos eventos virtuais promovidos pela sigla e em postagens nas redes sociais. Ela participou de uma plenária de negros e negras intitulada "Salvador Com a Nossa Cara", neste sábado (16).

Leia também: Agora é ela! PT avaliza pré-candidatura de Major Denice à prefeitura de Salvador

Em discurso, Denice ressaltou que é uma "mulher negra, moradora de bairro popular, mãe de uma criança negra" e que é uma ativista dentro da esfera de atuação. "Acredito em quem eu sou e acredito onde posso chegar", prometeu. O discurso dela seguiu relembrando das dificuldades que enfrentou durante a vida e carreira. A pré-candidata destacou que agora também faz parte da história do partido. "Essa campanha não é só minha", bradou. "Acredito em vocês", dirigiu-se aos novos companheiros.

A campanha do PT tem repercutido muito mais pelas polêmicas de bastidor do que por propostas em si. O nome de Denice, imposto de cima para baixo pelos caciques, incluindo o governador Rui Costa, ainda encontra resistências no "chão da fábrica" - sobretudo entre o grupo que apoiava outros nomes, como o da socióloga Vilma Reis. Denice corre contra o tempo para atingir o consenso entre os filiados.

O evento teve a participação de cerca de 150 pessoas pela plataforma Zoom. Foi lido, também, um manifesto intitulado "Por uma Salvador com a nossa cara" com uma série de ressalvas sobre a candidatura. O BNews teve acesso ao texto. "Não aceitaremos que a campanha que apresenta a primeira mulher negra a disputar o Palácio Thomé de Souza entre para a história apenas como uma porta-voz de um plano de marketing que não dialoga com os verdadeiros anseios das negras e de negros de Salvador", diz um trecho do conteúdo.

Além de Denice, a reunião contou as participações do Secretário Estadual de Combate ao Racismo do PT Bahia, Evilailton José; do presidente do PT Salvador, Ademario Costa; e dos vereadores Suíca e Marta Rodrigues, entre outros.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas