Eleições 2020

“É cedo para comparar perfis”, diz Bruno Reis sobre disputa com Major Denice

[“É cedo para comparar perfis”, diz Bruno Reis sobre disputa com Major Denice]
Por: Vagner Souza/BNews Por: Nilson Marinho e Yasmin Garrido 0comentários

Em meio às incertezas sobre as datas para a realização das eleições municipais, uma coisa é certa para o pré-candidato à Prefeitura de Salvador Bruno Reis: “É cedo para comparar perfis”. A declaração foi dada na manhã desta segunda-feira (29) e o vice-prefeito se referiu à disputa com a escolha do governador Rui Costa (PT), Major Denice.

Apesar de acreditar que ainda não é boa hora para discutir as eleições, Bruno fez questão de ressaltar que está preparado para, se for a vontade do povo, ocupar o Palácio Thomé de Souza.

“O que eu tenho a oferecer a minha cidade são mais de 22 anos de experiência administrativa e na área da administração pública, inclusive com cargos no executivo, onde pude adquirir muita experiência. Somado a isso à minha vivência nesta cidade, respirando diariamente seus assuntos, problemas, colaborando para melhorar a vida das pessoas, com diversos projetos, trazendo qualidade de vida para as pessoas, como o Morar Melhor e o Primeiro Passo”, disse.

Todas as experiências, seja no campo profissional ou na vida pessoal, o vice-prefeito colocou à disposição da população de Salvador, mas garantiu que, quando estiverem definidas as datas das eleições, das convenções e quando tiverem início os debates, o diálogo com a oposição será o melhor possível. “No momento certo, vamos travar o bom debate e o bom diálogo”.

Apoio do empresariado
Questionado sobre as medidas adotadas em meio à pandemia e se tem aproveitado o período para manter um bom diálogo com o empresariado da capital baiana, Bruno repetiu que “ainda é cedo” para falar de apoio. Sem pressa, ele apenas afirmou que sempre manteve boa relação com todos os segmentos da cidade.

“Eu sempre dialoguei bem com todos os segmentos e tenho dialogado com Fieb, Fecomércio, CDL, Associação Comercial, Abrasel. E estamos discutindo”, explicou. “Tenho facilidade, diante de minha postura, de dialogar com os diversos segmentos da cidade e tenho certeza que vamos travar um bom diálogo para vermos, ao final, o que cada um pode fazer para a cidade crescer ainda mais”, concluiu.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas