Eleições 2020

Fabíola Mansur sobre fatiamento da base de Rui: "Não vou questionar a articulação"

[Fabíola Mansur sobre fatiamento da base de Rui:
Por: Divulgação/Mila Cordeiro Por: Victor Pinto e Henrique Brinco 0comentários

A deputada estadual Fabíola Mansur (PSB) não comentou a articulação política do governador Rui Costa (PT) que culminou no fatiamento das candidaturas da base aliada em quatro chapas na campanha de 2020 pela prefeitura de Salvador. A parlamentar foi alçada ao posto de vice da Major Denice Santiago (PT).

"Não vou questionar a articulação de um homem que tem a maior votação em Salvador e é considerado prefeito de Salvador. Acho que a gente tem que se aliar nas bandeiras históricas, isso a gente está bem alinhado. A gente precisa mudar e combater as desigualdades. A Salvador do século 21 precisa ser voltada para as pessoas e não apenas para as coisas", declarou ao BNews.

O campo de Rui adotou uma estratégia de fatiar toda a base aliada, lançando quatro candidaturas para forçar um eventual segundo turno com Bruno Reis (DEM). São postulantes pelo Palácio de Ondina a Major Denice Santiago, Olívia Santana (PCdoB), Bacelar (Podemos) e o próprio Isidório. Denice aparece atrás de Isidório e de Olívia Santana nas enquetes junto ao eleitorado. Críticos da articulação avaliam que o arranjo pode favorecer o líder evangélico.

Leia também: Rui se esquiva ao ser questionado sobre favoritismo de Isidório na oposição: "No dia 15 de novembro você me pergunta"

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas