Eleições

Ao lado de Alckmin, Neto ataca Bolsonaro: nunca nem síndico foi, como quer chegar à Presidência?

[Ao lado de Alckmin, Neto ataca Bolsonaro: nunca nem síndico foi, como quer chegar à Presidência?]
21 de Setembro de 2018 às 17:53 Por: Adenilson Nunes/BNews Por: Henrique Brinco e Eliezer Santos

O presidente nacional do Democratas e coordenador da campanha de Geraldo Alckmin, ACM Neto voltou a atacar as credenciais do candidato Jair Bolsonaro (PSL) para comandar o país, durante um ato com o presidenciável tucano nesta sexta-feira (21), no Centro Histórico de Salvador.

"Não é entre a prisão e a faca, ou entre a bala e a faca, que vamos resolver o futuro do Brasil [...] Tem um candidato aí que está há 30 anos na vida pública e nunca governou nada. Estive com ele na Câmara dos Deputados e nunca vi um projeto aprovado [...] nunca nem síndico foi, como quer chegar à Presidência?", bradou.

Neto também mirou eleitores indecisos para tentar reverter a performance de Alckmin nas pesquisas de intenção de voto. "Sei que muitos brasileiros estão em dúvida, sei que muitos brasileiros não decidiram deu voto [...] há poucos dias, quando oficializarmos a candidatura de Alckmin, falando em nome do Democratas, disse que não trataríamos de política nessa eleição. Disse que era a vida dos brasileiros que estava em jogo".

"Estamos aqui dando início à reta final da campanha. E é exatamente na cidade que é berço da cultura brasileira, em um chão de um povo que respeita as diferenças, em uma capital marcada pela diversidade do povo, onde houve a consolidação da Independência do Brasil, cidade marcada pelo respeito à religião e opções sexuais, na cidade da música, da arte, da história e da raça, é aqui hoje que damos a arrancada pela vitória de Geraldo Alckmin para a Presidência da República", discursou.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar