Eleições

Em ritmo de pagode, jingle de Bolsonaro fala em conspiração e clama por ajuda divina

[Em ritmo de pagode, jingle de Bolsonaro fala em conspiração e clama por ajuda divina]
23 de Setembro de 2018 às 13:13 Por: Adenilson Nunes/BNews Por: Redação BNews

O ato de apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) que aconteceu na manhã deste domingo (23), no Farol da Barra, foi marcado por apelos à emoção e à religião. 

Antes da chegada do senador do Espírito Santo Magno Malta (PR), o trio elétrico reproduzia um jingle em ritmo de pagode baiano, cuja letra falava em uma conspiração contra Bolsonaro e clamava por ajuda divina. 

“Estão tentando te paralisar/ Mas Bolsonaro tem Deus pra lhe guardar/ Tentam de tudo, até tramar a sua morte/ Mas o Senhor veio e mudou a sua sorte/”, diz o trecho da canção, que também traz uma citação de Isaías 41:10, livro do Antigo Testamento.

Durante seu discurso, Magno Malta puxou o coro do “Pai Nosso”. Em seguida, desferiu críticas ao senador licenciado Walter Pinheiro (sem partido), atual secretário da Educação da Bahia, e ao ex-governador Jaques Wagner (PT). 

“Venderam a nós um sonho. Acreditamos um dia na ‘balela’ do ‘lulinha paz e amor’. Embarcamos no sonho de ver a tal inclusão social. Embarquei, junto com Pinheiro, e viajei esse país. Estive aqui três vezes, na campanha de Pinheiro. Nos últimos 15 dias da campanha, eu largava a minha campanha no Espírito Santo para vir ajudar na dele aqui”, bradou.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar