Eleições

Campanha contra Bolsonaro ganha apoio de celebridades internacionais

[Campanha contra Bolsonaro ganha apoio de celebridades internacionais]
23 de Setembro de 2018 às 17:44 Por: Divulgação Por: Folhapress

A hashtag EleNão, que critica a candidatura presidencial do capitão reformado Jair Bolsonaro (PSL), ganhou o apoio de diversas celebridades brasileiras nas últimas semanas, incluindo nomes como Patrícia Pillar, Bruna Marquezine e Chay Suede.

Nos últimos dias, contudo, o movimento parece ter ganho uma dimensão mais internacional. Isso porque algumas celebridades internacionais acabaram aderindo à campanha em suas redes sociais, sobretudo no ramo da música.

A cantora Nicole Scherzinger, por exemplo, famosa pela sua participação no grupo Pussycat Dolls, tuitou: "Para todos meus fãs no Brasil: Estou mandando tanto amor. Levantem-se pela igualdade, respeito e amor. Não deixem de votar nas próximas eleições presidenciais e sejam ouvidos".

O cantor Dan Reynolds, por sua vez, vocalista da banda Imagine Dragons, retuitou uma matéria crítica a Bolsonaro publicada no jornal New York Times, com a legenda: "Isso não representa o Brasil que conheço e amo".

A mesma matéria foi retuitada pela cantora e modelo inglesa Dua Lipa e pela cantora e compositora americana de hip-hop Kehlani. Ambas usaram a hashtag EleNão e Kehlani ainda escreveu: "Fique firme Brasil".

O DJ americano Diplo e a drag queen e participante do reality show "RuPaul's Drag Race" Shangela também publicaram a hashtag em suas redes sociais.

Shangela ainda misturou inglês e português para escrever: "Para todos os meus fãs no Brasil... é importante estar envolvido e deixar sua voz ser ouvida. Não deixe de votar nas próximas eleições presidenciais e defenda a igualdade, o respeito e o amor. Eu amo todos vocês. Te Amo".

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar