Eleições

Eduardo Bolsonaro provoca Dayane Pimentel por articulação do PT em Feira: "Virou as costas a seus eleitores"

[Eduardo Bolsonaro provoca Dayane Pimentel por articulação do PT em Feira: "Virou as costas a seus eleitores"]
24 de Novembro de 2020 às 13:05 Por: Reprodução/Facebook Por: Luiz Felipe Fernandez

Filho 03 do presidente da República, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) voltou a atacar a colega de Câmara Dayane Pimentel (PSL), ex-apoiadora bolsonarista, ao compartilhar uma notícia sobre o suposto apoio da professora ao candidato do PT, Zé Neto, em Feira de Santana.

Eduardo tratou de apresentar a candidata derrotada à Prefeitura em Feira, que obteve menos de 5% dos votos válidos, aos seus seguidores. "É mais uma que só foi eleita graças ao Presidente Bolsonaro e virou as costas a seus eleitores", provocou.

A deputada e o seu marido, Alberto Pimentel, que perdeu a reeleição para a Câmara Municipal de Salvador (CMS), romperam com a família Bolsonaro ainda em 2019. A rusga começou após a conversa entre deputados que foi grampeada e veio à tona, na qual Dayane reclamou da orientação do presidente Jair Bolsonaro para colher assinaturas para viabilizar Eduardo Bolsonaro na liderança da sigla na Câmara Federal. Nesta mesma conversa, o deputado federal Delegado Waldir (PSL-GO) chegou a afirmar que era necessário implodir o governo.

Desde então, o casal Pimentel é considerado "traidor" do clã Bolsonaro e perdeu apoio inclusive de setores da extrema-direita baiana, guiada fortemente pela agenda do Palácio do Planalto.

Conforme apurado pelo BNews, Dayane Pimentel teria se reunido com o Rui Costa (PT) nos últimos dias, para articular o seu apoio à candidatura de Zé Neto (PT). Publicamente, a deputada já confirmou que não dará o seu voto ao atual prefeito Colbert Martins Filho (MDB), mas não confirmou que apertará o 13 na urna no próximo dia 29.

Tanto a parlamentar quanto o líder do Executivo baiano negaram o encontro às vésperas do segundo turno na segunda maior cidade do estado, que promete ter uma disputa acirrada entre o PT e o MDB. Também no Twitter, Dayane compartilhou a matéria do BNews com a negativa de Rui sobre a suposta reunião e defendeu a sua atuação como parlamentar, salientando que procura dialogar com forças da "direita ou esquerda", mas que "quando acontecer" ela mesmo irá "divulgar".

O deputado estadual cassado Targino Machado, que por muitos anos integrou o grupo político de José Ronaldo (DEM) em Feira de Santana, manifestou o apoio a Zé Neto no último dia 19. "Mudanças de pensamento não são construídas da noite para o dia, elas são resultado de um processo. Antes de escolher em quem votar eu já tinha escolhido em quem não votar de jeito nenhum", disse o demista.

Nesta terça-feira (23), durante coletiva de imprensa na inauguração do posto SAC em Pituaçu, em Salvador, o governador Rui Costa confirmou a reunião que teve com o ex-deputado. O petista entregou que a articulação passou por uma conversa com o filho de Targino, o médico Tarcísio (Solidariedade), eleito prefeito em São Gonçalo dos Campos, município da região metropolitana de Feira. 

Rui orientou o secretário de Saúde Fábio Vilas-Boas a receber Tarcísio para uma conversa sobre o Hospital da cidade, que segundo o governador tem "baixa produtividade". O governador prometeu ajudar o novo prefeito e disse que agradece toda vez que o município melhora a qualidade da atenção básica, pois resulta em menor impacto nos custos do Governo com o setor.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar