Infraestrutura

Via Expresa: "fizemos uma obra monumental", comemora Wagner

[Via Expresa: "fizemos uma obra monumental", comemora Wagner]
02 de Novembro de 2013 às 07:10 Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
 
“Fizemos uma obra monumental, à altura do Século XXI e de Salvador, de importância fundamental para a cidade e um alívio para os soteropolitanos do ponto de vista do tráfego e da mobilidade. É a maior obra viária de Salvador após a construção da Avenida Paralela”, diz o governador da Bahia, Jaques Wagner, durante a cerimônia de inauguração da Via Expressa Baía de Todos-os-Santos, nesta sexta-feira (01).
 
Na oportunidade, Wagner destacou que, além da Via Expressa, várias intervenções que estão sendo feitas pelo Governo do Estado em mobilidade urbana na capital baiana vão melhorar significativamente o trânsito da cidade: “são intervenções que quando ficarem todas prontas, entre 2015 e início de 2016, não tenho dúvidas que vão diminuir os transtornos no trânsito, principalmente com a chegada dos 40 quilômetros do metrô”.
 

A presidente Dilma reconheceu a importância da obra para o trânsito da capital baiana. “Maior obra viária em Salvador em 30 anos, a Via reduz quase para metade o trajeto até o Porto, maior do Nordeste na movimentação de contêineres. O governo federal deu apoio decisivo ao projeto: dos R$ 450 milhões da obra, R$ 408 milhões são recursos do orçamento federal. É a parceria do governo federal com os governos dos estados para melhorar a vida dos cidadãos, movimentar a economia e gerar mais riqueza para a Bahia e para o Brasil”.

Também estiveram presentes na cerimônia o ministro dos Transportes, César Borges (PR), do prefeito ACM Neto (DEM), e também da primeira-dama do Estado e presidente das Voluntárias Sociais, Fátima Mendonça, entre outras autoridades das três esferas de poder. 

A Via Expressa possibilitou a redução de 3,2 km no trajeto da BR-324 ao Porto de Salvador, com pelo menos seis rotas alternativas que vão facilitar a vida de quem transita pela região. Dos atuais 7,5 km rodados, o trajeto terá apenas 4,2 km, na via que perpassa Água de Meninos, Ladeira do Canto da Cruz, Estrada da Rainha, Largo Dois Leões, avenida Heitor Dias, Rótula do Abacaxi, Ladeira do Cabula e Acesso Norte. São 10 faixas de tráfego – sendo seis para tráfego urbano e quatro exclusivas para veículos de carga –, três túneis, 14 elevados, duas passarelas, além de ciclovia, pista de rolamento e passeios. Estima-se um fluxo diário de pelo menos 3.500 veículos de carga/dia e 60 mil veículos leves e ônibus, o que deve gerar uma média de 63 mil veículos por dia na via, liberando o fluxo no trânsito de avenidas já saturadas, como o Bonocô, San Martin e Retiro.


Matéria publicada dia 01 de novembro, às 13h32
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar