Justiça

Decisão do TJ-GO pode derrubar Júnior Muniz do comando do PHS na Bahia

[Decisão do TJ-GO pode derrubar Júnior Muniz do comando do PHS na Bahia]
24 de Setembro de 2018 às 12:41 Por: Divulgação Por: Redação BNews

O candidato a deputado estadual Júnior Muniz pode perder o comando do PHS no estado da Bahia. O candidato, que tem apoio do vice-prefeito de Salvador Bruno Reis (DEM) e do prefeito ACM Neto (DEM), foi alçado ao posto de presidente da legenda com a benção de Marcelo Aro. No entanto, o desembargador Fausto Moreira Diniz, do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), acolheu um recurso apresentado por Filipe Cortês Bezerra, e determinou a suspensão da Assembleia Extraordinária do Conselho Gestor Nacional que culminou na escola de Aro para a presidência nacional.

Não é a primeira vez que o imbróglio atinge a cúpula nacional do PHS e Júnior Muniz perde o cargo na Bahia. Quando o grupo de Eduardo Machado assumiu o partido no país, quem ascendeu ao cargo de presidente no estado foi o ex-deputado Edson Pimenta, hoje no PSD e candidato a deputado federal.

O desembargador Fausto Diniz acolheu os argumentos apresentados por Filie Cortês Bezzera e apontou evidências de irregularidade no procedimento de convocação da Assembleia Extraordinária do Conselho Gestor Nacional que sagrou Marcelo Aro presidente.

O BNews tentou falar com Muniz, mas as ligações não foram atendidas.

Notícia relacionada:

Júnior Muniz reassume PHS da Bahia e decreta: vamos com Neto

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar