Política

Moro deixou Podemos com dívida enorme junto a produtora de vídeos; saiba quanto

Lula Marques/Fotos Públicas/AGPT

O partido foi notificado extrajudicialmente pela empresa

Publicado em 12/05/2022, às 17h46    Lula Marques/Fotos Públicas/AGPT    Redação BNews

O ex-juiz, ex-ministro da Justiça e agora ex-pré-candidato ao Governo Federal, Sergio Moro, se desfiliou do Podemos para se junar ao União Brasil. No entanto, ele deixou uma dívida de R$ 2 milhões do partido com a produtora de vídeos D7, que fazia a produção de vídeos para sua pré-campanha. O partido foi notificado extrajudicialmente pela empresa. 

Leia também:

De acordo com o UOL, o trabalho da produtora era a filmagem e o retoque das inserções estaduais e nacionais em que o partido divulgaria Moro como pré-candidato à Presidência.

"Com a saída de Moro da sigla, a entrega não existiu de maneira integral, tendo apenas dois vídeos sido veiculados", afirmou o Podemos em nota enviada ao UOL.

Ainda cofnorme o portal, o partido propôs à produtora o pagamento de metade do valor acordado em contrato assinado em fevereiro deste ano —dois meses antes de Moro mudar de legenda.

"Jamais medimos esforços para garantir a Moro uma pré-campanha robusta, a começar por um grande evento de filiação e por toda retaguarda necessária para deslocamentos em segurança pelo país, com garantia de recursos para a futura campanha eleitoral", continuou a sigla em nota.

Siga o BNews no Google Notícias e receba as principais notícias do dia em primeira mão.

Classificação Indicativa: Livre