Mundo

Papa Francisco pede diálogo na Colômbia e defende "direito de se manifestar pacificamente"

[Papa Francisco pede diálogo na Colômbia e defende "direito de se manifestar pacificamente"]
23 de Maio de 2021 às 11:57 Por: Reprodução/Mazur/Catholic Church England and Wales Por: Redação BNews

O Papa Francisco pediu neste domingo (23) que a a crise social na Colômbia, iniciada com as manifestações em 28 de abril e agravada pela repressão policial, seja resolvida a partir de um "diálogo sério". 

Ao menos 42 pessoas - um militar e 41 civis - já morreram nos atos, de acordo com o órgão independente Defensoria do Povo. O chefe da igreja católica também defendeu "o direito de se manifestar pacificamente".

"Nesta solenidade de Pentecostes, rezo para que o querido povo colombiano saiba acolher [o Espírito Santo] de forma que, por meio de um diálogo sério, encontre soluções justas aos diversos problemas que enfrenta, especialmente os mais pobres", afirmou Francisco.

De acordo com informações da agência de notícias AFP, Francisco também pediu às forças de segurança para "evitarem, por razões humanitárias, comportamentos prejudiciais para a população no exercício de seu direito de se manifestar pacificamente".

A Colômbia passa por um novo período de convulsão social após protestos em 2019 e 2020. Os manifestantes pedem um país mais igualitário e um Estado mais solidário.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar