Na Sombra do Poder

Na Sombra do Poder: empreiteiro gavião

[Na Sombra do Poder: empreiteiro gavião]
Por: Reproduções Por: Equipe de Política 0comentários

Uma carreira política promissora pela frente, assim desenha-se o futuro do prefeito ACM Neto. Poucos sabem o peso que ele tem que carregar há alguns anos já herdado do ninho pefelista. Esse peso ninguém quis, porém o prefeito leal como sempre aos amigos o carrega nas costas até hoje. O vice Bruno Reis e pré-candidato favorito a corrida municipal em 2021, já deixou claro que não vai levar com ele esse fardo. Alguns correligionários comparam a figura enfadonha e maquiavélica ao peso da cruz do Pascoal.

Empreiteiro Gavião

Conhecido pela rapidez em abater as vítimas, um famoso empreiteiro local está sendo chamado no meio político de Gavião. Por onde passa é terra devastada: já levou até uma famosa jornalista de uma TV local, deixando o noivo da moça a ver navios. A vítima da vez teria sido uma bela jovem, ex-namorada de um cacique do legislativo local. Há quem diga que o rapaz chorou PITANGAS com amigos mais próximos, enquanto o gavião passeava com a moça pelo litoral em seu possante turbinado.

Cuidado: Inflamável 
A prefeitura de Salvador assinou contrato, no valor de R$ 749 mil, com uma famosa rede de supermercado para o fornecimento de álcool líquido 70%. Quem assina o contrato pela rede é o dono, um famoso empresário pré-candidato a prefeito. 

Velha conhecida 
Uma famosa empreiteira, velha conhecida de cabelos brancos vistosos, é acusada de dar golpe nos funcionários. Tem gente sem receber o salário. Vale destacar que a empreiteira é muito conhecida no Estado da Bahia, teve seus tempos áureos na década de 90, é velha conhecida da PF e tem o costume de fazer voos solos no Estado. 

O Rei do Betume

Bem articulado, de fala mansa, eis que surge um novo rei do asfalto na cidade. O “cabra” anda alardeando de fio a pavio que qualquer um que precisar de asfalto na capital baiana ou RMS pode falar com ele que resolve na hora... A NSP avisa: quem nunca comeu, quando come demais se lambuza...

Pirraça 
Quer tirar Rui do sério? Comente na frente dele: respiradores ou Hospital Espanhol. Ele anda retado com o desenrolar de determinados assuntos. Quando o MPF e o MP divulgaram nota com a recomendação de não renovação do contrato da empresa que cuida da gestão da unidade hospitalar, ele ficou fulo. Tanto que o Estado vai entrar com representação contra a medida. 

Estica e puxa
A história do estica e puxa da prorrogação ou não da eleição não atende a interesses coletivos, mas a interesses próprios. Prefeitos, espertamente, foram contra a PEC aprovada. Queriam manter a eleição na data de sempre, em outubro, pois já possuem larga vantagem midiática e eleitoreira perante os adversários, a oposição, que sucumbiu diante da pandemia do novo coronavírus. 

Equação 

Qual era a equação? Se mantém do jeito que tá, o prefeito tende a ter vantagem: este podia circular no município com a desculpa de realizar trabalho de “fiscalização”, mas se o opositor colocasse a cara na rua, era acusado de não respeitar as normas sanitárias. Com o prazo esticado, quem quer assumir a viúva, vai tentar correr atrás do prejuízo. 

Deu ruim, Prates

Se for levada a risca, sem algum precedente judicial, a desincompatibilização já foi. Quem saiu para concorrer saiu, quem não saiu, não sai mais.  

Resumindo a história toda
Anotem aí: a EMENDA saiu (para alguns) pior que o soneto. Essa novela está longe para acabar. Espiem só... Determinados virtuais e insistentes pré-candidatos a prefeito (em todo o Brasil, para não dar nome aos bois) acreditaram nas promessas feitas por grupos de parlamentares federais de que os mandatos seriam prorrogados ou que o adiamento das eleições iria influenciar no prazo de desincompatibilização. Permaneceram em seus cargos com um olho na missa e outro no padre, como se diz no jargão popular. Doce ilusão. O primeiro turno será em 15/11 e quem não se desincompatibilizou ficou a ver navios com uma tal de PRECLUSÃO. Aprendamos com Bezerra da Silva: Malandro é Malandro, Mané é Mané...

Luizinho quase sobralva

E o ex-prefeito de Irecê? Luizinho Sobral quase sobralva. HAHAHAHA. Conseguiu um passe mágico com a eleição empurrada para novembro. Sua inelegibilidade vence em outubro. Agora ganha tempo para correr contra o tempo e tomar o poder de volta na terra do feijão.

Zap Zap a rodo

Outro detalhe observado nos últimos tempos: explodiu o número de grupos de WhatsApp em diversas cidades do interior do Estado. Motivo? Eleição. Por mais que haja a preocupação com o novo coronavírus, o povo é tarado por eleição. Quanto mais regionalizada a política, mas tarada fica a população para saber como ficará a definição de candidatos, qual partido vai apoiar qual… Pelo visto, por mais que busque a prorrogação, o povo já respira o processo eleitoral, mesmo que virtualmente. 

Pano pra Manga
E esse boom do número de grupo de WhatsApp mostra um novo perigo: propagação das Fake News. É fato, já acontece, sem mesmo o período já ser o oficial das candidaturas. Vai ter muito pano para manga…

Leão de Chácara de Judah

O presidente da Câmara de Salvador, Geraldo Júnior (MDB), está fazendo o jogo casado com o Republicanos. Apesar de dizer que se mantém vivo na disputa pela vice de Bruno Reis, GJ tem dado uma de "leão de chácara" em prol do partido da Igreja Universal, o qual é afiadíssimo. Já chegou a dizer que só abre mão da briga pelo Republicanos. Na verdade, está guardando a vaga para os amigos. 

PDT ainda confiante 
Corre por fora o PDT. Léo Prates se agarra na tentativa de dilatação dos prazos, mas no ninho do PDT também tem Ana Paula, ex-secretária de Promoção Social e Combate à Pobreza. Léo é a persona de ACM Neto nas fileiras pedetista. Ana Paula a persona de Reis na agremiação. Quem vai ter a unha maior? Os dois no PDT não foi uma vã articulação. 

Confirmou, foi, Leal?

Hummmmmm... Nelson Leal confessou a Zé Eduardo, durante entrevista nesta semana, que vai concorrer à reeleição na presidência da Assembleia Legislativa da Bahia? Gostou do doce, né? Marcelo Nilo que o diga. Há quem diga que, de tanto andar com Nilo, já aprendeu com ele. Lá atrás, quando este BNews também revelou articulação neste sentido, ano passado, negou veemente qualquer intenção sobre. 

Dúvidas

Fica a dúvida: Rui Costa e o acordo de pacificação do Legislativo? Vai ter? Foto tem. Postagem nas redes sociais também. Com a palavra Alex Lima, Rosemberg, Adolfo...

Tá ou não tá?
E a confusão? Colbert tá curado ou não tá? Após um secretário da prefeitura ser diagnosticado com a Covid-19, o emedebista correu para fazer o exame. Mas a Secom, no afã de livrar a pele do chefe do Executivo feirense do maldito vírus, divulgou que ele não tinha a doença. Mas divulgou errado: ele não tinha recebido o exame ainda. Teve que enviar errata. Por um segundo pensamos que a secretaria da Comunicação agora era uma filial do Lacen. 

Longo sermão 

Há quem reclame dos discursos do prefeito ACM Neto. Tem demorado muito. Estilo Fidel Castro ou até mesmo padre velho dando sermão na igreja. Teve um que chegou a durar uma média de 50 minutos. Detalhe: já se comenta que é a saudade e a dificuldade para desapegar. 31 de dezembro dá adeus ao Tomé de Souza e vai viajar para os “estates”.  

O pau quebrou…
Da série "não chame para a mesma mesa": o vereador Alexandre Aleluia (DEM), bolsonarista da Bahia, e o deputado federal Kim Kataguiri (DEM), do MBL. O pau quebrou entre os dois no Twitter. 

A cadeira...
Jajai sentou na cadeira e gostou do conforto. Não quer sair mais. Essa é a resenha que corre solta em Madre de Deus, porque o vice-prefeito, Jailton Jajai, mal assumiu a cidade, após o afastamento de Jeferson Andrade, e já está com a cabeça na campanha eleitoral. Interlocutores locais dizem que a ambição é tanta que Jajai está negociando apoio até de desafetos, como a ex-prefeita Nita, colocada como pré-candidata do grupo de Jeferson.

...ou a palavra?
O problema é que antes de assentar-se na poltrona do Executivo, Jajai – que chegou a despachar em uma barraca de praia depois que rompeu com Jeferson – havia se comprometido em dar apoio a Dailton Filho, pré-candidato que liderava as pesquisas até então. Mas agora Jajai subiu ao topo dos levantamentos de consumo interno e está em uma sinuca de bico para recuar do compromisso selado. A saída vai ser apelar à legislação, segundo a qual um prefeito em exercício não pode concorrer a um cargo de posição inferior. Sendo assim, ou ele fica como candidato na cabeça da chapa ou vai virar apenas cabo eleitoral. E agora, Jajai?

Senhora comunicação 
Em meio a crise do COVID-19, o Município de Salvador homologou licitação na qual a empresa TELEMAR sagrou-se vencedora de licitação na prestação de serviços de comunicação de dados, através de tecnologia IP, nas modalidades de LINKS MPLS, cujo o valor é de aproximadamente 130 milhões de reais. Lupa na Telemar…

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas