Política

Com espaço do SD ameaçado, Geraldo Jr. não crê em rompimento do partido com Neto

[Com espaço do SD ameaçado, Geraldo Jr. não crê em rompimento do partido com Neto]
11 de Janeiro de 2019 às 10:03 Por: Adenilson Nunes/BNews Por: Tamirys Machado e Aparecido Silva 0comentários

O vereador e presidente da Câmara de Salvador, Geraldo Júnior, não acredita em rompimento do seu partido, o Solidariedade, com a prefeitura capitaneada por ACM Neto (DEM).

Nos bastidores, o comentário é que a agremiação, que atualmente comanda a Secretaria Municipal do Trabalho e Lazer (Semtel), ficará fora do primeiro escalão na reforma administrativa a ser feita pelo chefe do Executivo por já comandar o Legislativo. Outra tese ventilada é a de que o partido integrou um grupo que decidiu romper acordo feito para chapão da oposição nas eleições de outubro.

Para Geraldo Júnior, o SD sempre foi aliado de primeira hora de ACM Neto, com quem o presidente da Câmara afirma nutrir relações política e de amizade.

"Não acredito que o partido Solidariedade venha a sair da base do prefeito ACM Neto. O prefeito ainda não fechou a reforma do secretariado. Nós fazemos parte do primeiro escalão da gestão, quando fui conduzido a secretário do Trabalho, Esporte e Lazer durante 22 meses", ponderou o chefe do Legislativo soteropolitano.

"O prefeito ACM Neto sempre deixou bem claro que o partido é parceiro de primeira hora. Não acredito que isso tenha mudado. Tenho certeza que esse entendimento haverá e não acredito no rompimento do partido", disse Geraldo Júnior em entrevista ao BNews.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas