Política

Após atacar gays, Abílio Santana vai para Comissão de Direitos Humanos: "Direito tem quem direito anda"

[Após atacar gays, Abílio Santana vai para Comissão de Direitos Humanos:
15 de Março de 2019 às 20:31 Por: Divulgação Por: Henrique Brinco0comentários

O deputado federal Abílio Santana (PR) foi indicado para ser membro titular da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, instalada nesta semana, na Câmara dos Deputados. O parlamentar, único baiano que integra a Comissão, agradeceu ao partido pela indicação do seu nome e disse "que direito tem quem direito anda". 

"Uma honra integrar essa comissão importante da Casa. Agradeço ao partido pela confiança e reitero que estarei na defesa da dignidade da pessoa humana, que tem princípios, valores e ética em sua conduta de vida. Acredito que direito tem quem direito anda, e isso defenderei", disse o parlamentar, em nota. Outros nomes polêmicos também integram a comissão. Na suplência, por exemplo, ficaram os deputados de extrema direita Alexandre Frota (PSL) e Marco Feliciano (Podemos).

Em fevereiro, Abílio, que está em seu primeiro mandato, causou polêmica ao criticar uma ação protocolada pelo PPS no STF para criminalizar a homofobia. "Eles sugerem tornar criminosos aqueles que não aceitam a prática homossexual. Ainda querem incluir como discriminação racial. Desde quando homossexual é uma raça? Homossexual são homens e mulheres com prática homossexuais. Não uma raça. [...] Criminalizar a homofobia é uma forma de vitimização”, afirmou antes do início do julgamento na suprema corte.

Também na ocasião, o presidente Grupo Gay da Bahia (GGB), Marcelo Cerqueira, reagiu com indignação contra as declarações do parlamentar. "Homossexual não é raça, é orientação sexual. Esse deputado é maluco? Ele deve estar lendo a Bíblia de cabeça para baixo", afirmou ao BNews.

Atualizado 23h03 - Em resposta à matéria veiculada no BNews, na noite desta sexta-feira (15), o deputado Abílio Santana informa em nota "que não houve ataque a homossexuais". "Houve um posicionamento contrário a uma ação do PPS que coloca homossexuais como raça e incluem homofobia como crime de racismo. Eles sugerem tornar criminosos aqueles que não aceitam a prática homossexual. Mais uma vez questiono, desde quando homossexual é uma raça? Homossexual são homens e mulheres com prática homossexuais, apenas. E qualquer crime contra eles deve ser punido como qualquer outro crime". Sobre ser membro da comissão de direitos humanos na Câmara Federal, o deputado considera "uma responsabilidade de grande importância, mas garante excelência na luta pelos direitos de quem anda direito".

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas