Política

MBL diz que rebaixamento de inspetor da GM foi retaliação de ACM Neto a Cézar Leite

[MBL diz que rebaixamento de inspetor da GM foi retaliação de ACM Neto a Cézar Leite]
06 de Abril de 2019 às 15:00 Por: Divulgação Por: Henrique Brinco0comentários

O MBL Bahia divulgou uma nota de repúdio contra o prefeito ACM Neto (DEM) após a Prefeitura rebaixar o inspetor da Guarda Municipal de Salvador, João Neto, que faz parte do movimento.  O servidor agora está fazendo a segurança da Unidade de Saúde da Gamboa. O grupo alega que a mudança foi uma retaliação ao vereador Cézar Leite (PSDB), que também é apoiado por eles. "Deixamos claro que reconhecemos os méritos do prefeito na gestão da cidade, mas não concordamos com sua postura política", afirma o grupo em uma mensagem distribuída nas redes sociais.

Segundo o BNews apurou, João Neto vinha defendendo a implantação do plano de cargos e salários da Guarda Municipal, feito pelo tucano. O edil também tem adotado uma postura independente e não quer votar pontos da minirreforma da Prefeitura, enviada há alguns dias para a Câmara Municipal.

Na última sexta-feira (5), Cézar Leite também divulgou uma nota de repúdio contra a prefeitura. "Se eu não tivesse visitado a unidade de saúde na Gamboa, não acreditaria na reportagem feita pela imprensa. O ex-comandante da Guarda Municipal, o responsável pela criação de boa parte dos grupos operacionais, líder de várias ações táticas e criação de tecnologia da guarda, o GCM João Neto, sendo colocado como no início de carreira, fazendo guarda de um posto de saúde, sem arma e colete", escreveu.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Nossa nota dr repúdio ao prefeito ACM NETO.

Uma publicação compartilhada por MBL Bahia (@mblba) em

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas