Política

Bolsonaro é criticado por se solidarizar com condenação de Gentilli: “E sobre as 80 balas? Nada?”

[Bolsonaro é criticado por se solidarizar com condenação de Gentilli: “E sobre as 80 balas? Nada?”]
11 de Abril de 2019 às 10:57 Por: Alan Santos/PR Por: Redação BNews 0comentários

O presidente Jair Bolsonaro causou novamente polêmica nas redes sociais, após se solidarizar nesta quinta-feira (11) ao apresentador de TV Danilo Gentilli, condenado a seis meses de prisão por injúria contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS). 

Após fazer a postagem, seguidores passaram a questionar o presidente por não ter se manifestado sobre o caso em que militares do Exército dispararam 80 tiros contra o carro de uma família no Rio de Janeiro, matando o músico Evaldo Rosa, de 51 anos. 

“Me solidarizo com o apresentador e comediante @DaniloGentili ao exercer seu direito de livre expressão e sua profissão, da qual, por vezes, eu mesmo sou alvo, mas compreendo que são piadas e faz parte do jogo, algo que infelizmente vale para uns e não para outros!”, disse Bolsonaro no Twitter.

Logo em seguida, seguidores começaram a criticar o presidente. “E sobre as 80 balas? Nada?”, questionou um. “Presidente, o senhor não disse um pio sobre o fuzilamento de uma família. Mas mexeu com o Danilo Gentili, mexeu contigo… Prioridades.”, escreveu outro. “Sr. Presidente. Não é possível que o Sr. use a sua rede social para se solidarizar com um apresentador devido a um processo de injuria etc... e não tem o mesmo tempo para se solidarizar com a Familia do rapaz que levou 80 tiros. Por favor, me diga que estou equivocada”, comentou uma seguidora.

Entretanto, outras pessoas elogiaram o presidente pela manifestação favorável a Danilo. “Esse é o meu presidente! Parabéns pela solidariedade!!!”, disse uma seguidora. “Liberdade de expressao para esquerda só vale para eles mesmos e depois falam de ditadura e censura”, respondeu outro. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas