Política

Anselmo Brandão critica liberação do porte de armas: "Tem que ter um ponto de equilíbrio"

[Anselmo Brandão critica liberação do porte de armas:
12 de Junho de 2019 às 19:22 Por: Reprodução/Metrópole FM Por: Henrique Brinco 0comentários

O chefe da Polícia Militar da Bahia, Coronel Anselmo Brandão, criticou a ideia de liberação do porte de armas para a população - ventilada por grupos ligados ao presidente Jair Bolsonaro (PSL).

"Acho que tem que ter um ponto de equilíbrio. Você não pode liberar armas. Antigamente, antes da campanha do desermamento, o cidadão tinha o porte de armas. Agora, o porte tem que ser dado a quem está habilitado", avaliou, em entrevista ao "Jornal da Cidade - II Edição, com José Eduardo", veiculado na Metrópole FM na noite desta quarta-feira (12).

Brandão, no entanto, pondera: "Acho que o cidadão tem que se proteger, agora eu sou contra a forma como está sendo colocada aí. Dentro do seu patrimônio, vamos analisar. Agora, não dá para dar nas mãos de um psicopata".

Ainda na entrevista, ele lembrou que a grande quantidade de suicidas acontecem em quem tem mais acesso as armas.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas