Política

Everaldo Anunciação avalia que escândalo envolvendo Sérgio Moro deve fortalecer manifestações nesta sexta (14)

[Everaldo Anunciação avalia que escândalo envolvendo Sérgio Moro deve fortalecer manifestações nesta sexta (14)]
13 de Junho de 2019 às 12:13 Por: Gilberto Júnior/Arquivo BNews Por: Guilherme Reis 0comentários

O presidente do PT da Bahia, Everaldo Anunciação, acredita que a nova crise política que abala o governo de Jair Bolsonaro (PSL), desta vez protagonizada pelo atual ministro da Justiça, Sérgio Moro, e pelo procurador da Lava Jato Deltan Dallagnol, vai fortalecer as manifestações desta sexta-feira (14), quando ocorre a greve geral dos trabalhadores.

"Estou vendo uma mobilização boa. Aqui na Bahia algumas cidades estão mobilizadas. Em Salvador em especial com a questão de ônibus, metrô...  O país está estrangulado, a economia está estagnada. Bolsonaro tem que sair do palanque. O ministro dele [Sérgio Moro] comprovado envolvido no processo. Em qualquer país sério ele estaria exonerado e com processo para levá-lo à prisão", disse Anunciação ao BNews.

Na avaliação do petista, o diálogo do então ministro Sérgio Moro com Dallagnol é "muito sério". "Envolve instituições, o MP, STF, PF... Um regime democrático precisa ter instituições consolidadas", disse.

A principal pauta da greve geral é o protesto contra a reforma da Previdência. No entanto, temas como os cortes na educação e as últimas polêmicas em torno do governo também devem ser lembradas nos atos. A Central Única dos Trabalhadores organiza uma caminhada no Campo Grande, nesta sexta-feira, às 15h.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas