Política

Wagner acusa MPF de agir com convicções e sem provas sobre pedido de abertura investigação

[Wagner acusa MPF de agir com convicções e sem provas sobre pedido de abertura investigação]
13 de Junho de 2019 às 18:41 Por: Arquivo BNews Por: Victor Pinto 0comentários

O senador e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT), emitiu nota da defesa sobre a manifestação favorável do Ministério Público Federal (MPF) de abrir procedimento para investigar supostos crimes eleitorais cometidos pelo Senador Jacques Wagner (PT) nos pleitos de 2006 e 2010. No período, o petista concorreu ao governo do Estado. O petista acusa do MPF de agir com “convicções” e “provas que inexistem no processo”. 

De acordo com o político, os advogados dele não tiveram acesso do parecer e se definiu como “tranquilo” diante do fato. “Não existem elementos mínimos para justificar a instauração deste inquérito, seguindo entendimento consagrado pelo Supremo Tribunal Federal”, escreveu.

O pedido de investigação do MPF tem como base declarações fornecidas através dos acordos de delação premiada homologadas pelo Supremo Tribunal Federal, no âmbito da Operação Lava Jato. "Dentre os fatos narrados na colaboração premiada encontram-se pagamentos de benefícios indevidos ao ex-governador Jaques Wagner em troca de favorecimento à empresa Odebrecht", exemplifica o parecer divulgado.

Leia a nota na íntegra:

A defesa do senador Jaques Wagner (PT-BA) lamenta que o Ministério Público mais uma vez aja a partir de convicções e não provas, até porque estas inexistem no referido processo.

Também manifesta estranheza com a divulgação de mero parecer ao qual os advogados do parlamentar sequer tiveram acesso. 

Informa ainda que o senador está tranquilo, uma vez que o Tribunal Regional Eleitoral da Bahia decidiu, reiteradas vezes, que não existem elementos mínimos para justificar a instauração deste inquérito, seguindo entendimento consagrado pelo Supremo Tribunal Federal. 
 

Matéria relacionada:
Procuradoria Eleitoral volta a se manifestar favorável a investigação contra Jaques Wagner por caixa 2
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas