Política

Ex-presidente da Petrobras nos governos petistas acredita que reforma da Previdência tem estrutura perversa

[Ex-presidente da Petrobras nos governos petistas acredita que reforma da Previdência tem estrutura perversa]
14 de Junho de 2019 às 17:58 Por: Vagner Souza/Bnews Por: Henrique Brinco e Pedro Vilas Boas 0comentários

Na avaliação de Sérgio Gabrielli, ex-presidente da Petrobras nos governos Lula e Dilma e coordenador da campanha de Fernando Haddad (PT) nas eleições de 2018, a reforma da Previdência possuiu uma estrutura perversa. Ela não é pra trazer estabilidade a longo prazo para Previdência, ela tira direitos, pra folgar o caixa no curto prazo", afirmou ao BNews, durante manifestações contra a reforma nesta sexta-feira (14), no Centro.

Gabrielli acredita que o ex-presidente Lula, condenado em segunda instância por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, deve ser solto, após divulgação de conversas vazadas entre o então juiz Sérgio Moro e procuradores da República. "o juiz deve ser imparcial. O que tá se revelando é a parcialidade total. Portanto, acho que isso é motivo pra anulação de julgamento", opinou.

"2020 vai ser em 2020, não sou candidato a nada, mas acho qeu o PT vai descobrir o que fazer pra aumentar a bancada de vereadores e disputar a prefeitura", concluiu.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas