Política

Eleição no PT: Corrente socialista aposta em mulheres e 'Lula Livre' para comando do partido na Bahia

[Eleição no PT: Corrente socialista aposta em mulheres e 'Lula Livre' para comando do partido na Bahia]
13 de Agosto de 2019 às 14:14 Por: Divulgação Por: Henrique Brinco 0comentários

As candidatas Vera Lúcia Barbosa, a Lucinha do MST, e de Dani Ferreira, concorrerão respectivamente para as presidências do PT da Bahia e de Salvador. Integrantes da Esquerda Popular Socialista (EPS), elas representam movimentos sociais de luta pela terra e por direitos das mulheres, dos LGBTIQ+, dos povos negro e originários e de sindicatos de trabalhadores rurais e urbanos. 

No lançamento das candidaturas, em evento na Casa do Olodum, na segunda-feira (12), as postulantes foram unânimes na defesa ao ex-presidente Lula e à democracia. Lucinha do MST aponta que “é preciso intensificar as ações nas ruas para aumentar a pressão por Lula livre”. Ela ainda reafirma posição sobre as denúncias contra o ex-presidente. “Todos já sabemos que Lula é inocente e logo estará conosco nas ruas, lutando por direitos dos trabalhadores, ouvindo os anseios do povo e firme para retornar à presidência do Brasil”.

Para Dani Ferreira, o processo interno do PT também envolve a disputa pela prefeitura de Salvador. “Vamos criar meios para que o partido tenha candidatura própria na capital e que possa, enfim, chegar a comandar a primeira capital do Brasil”. Dani é apoiada por candidatos a presidentes zonais de 14 regiões em Salvador. E a chapa estadual, da qual Lucinha faz parte, tem representantes de mais de 100 cidades da Bahia.

O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA), representante do MST da Bahia no Congresso Nacional, frisou a importância dos debates em torno da disputa interna do partido. “É de fundamental importância que tenhamos um amplo debate com os militantes e com os movimentos sociais e sindicais. Sobretudo, por causa do momento em que vivemos. O governo federal, sob o comando de Bolsonaro, tem retirado direitos dos trabalhadores e tentado criminalizar o partido e os movimentos de luta por melhorias em diferentes frentes. Lucinha e Dani representam a força da mulher negra e o PT precisa de novos quadros para o seu comando”, apontou o parlamentar.

As eleições municipais acontecem no dia 8 de setembro, com eleição de delegados para congressos estaduais e com eleições de delegados para o congresso nacional. Já as estaduais acontecem no congresso marcados para os dias 19 e 20 de Outubro.

Leia também:
Dividido, PT de Salvador se movimenta para isolar Gilmar Santiago
Assessor de Jorge Solla, Ademário Costa lança candidatura à presidência do PT de Salvador

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas