Política

Licitação da terceira etapa do BRT deve sair ainda este mês

[Licitação da terceira etapa do BRT deve sair ainda este mês]
Por: Divulgação/ Bruno Concha/ Secom Por: Henrique Brinco e Eliezer Santos 0comentários

A Prefeitura de Salvador deve lançar ainda este mês a licitação para a terceira etapa do BRT (Bus Rapid Transit), que vai do Parque da Cidade até a Pituba, segundo informou o vice-prefeito e secretário de Infraestrutura, Bruno Reis (DEM) ao BNews. "Já concluímos o licenciamento ambiental, vamos soltar a licitação ainda talvez no mês de agosto, depende de uma autorização da SPA, do Ministério do Desenvolvimento Regional, para que a gente possa soltar mais essa licitação".

As obras da primeira etapa, que vai do Shopping da Bahia ao Parque da Cidade, já estão em andamento. A segunda etapa, da Lapa até Cidade Jardim, está em licitação. A previsão é que as obras sejam concluídas no final de 2020.

Na próxima semana, Bruno Reis irá à Câmara apresentar aos vereadores detalhes do BRT, tal como fez o governador Rui Costa (PT) nesta quarta-feira (14) com o projeto do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) previsto para substituir os trens do Subúrbio. 

Antes da chegada de Rui ao Salão Nobre da Câmara, Reis e o presidente da Casa, Geraldo Júnior (SD), almoçaram juntos para definir o roteiro da visita semana que vem. “Almoçamos aqui na Câmara para organizar essa vida na próxima terça-feira para falar sobre o BRT, suas três etapas, cronograma de obra, como estão previstas as próximas etapas e conversar um pouco sobre outros projetos que a gente está executando na prefeitura e do Executivo que estão tramitando aqui na Casa. Vim trocar algumas ideias com Geraldo, como sempre um almoço agradabilíssimo, um amigo que praticamente começamos juntos na vida pública”, justificou Reis, em entrevista ao BNews.

Assim como o prefeito ACM Neto (DEM), Bruno Reis evitou dar tom político à agenda do governador no Legislativo soteropolitano. “É importante para a Câmara, para os vereadores que tomem conhecimento desse projeto. A prefeitura ainda não teve acesso a esse projeto executivo. Estar passando em primeira mão para os vereadores, que são legítimos representantes dos bairros, das comunidades e da cidade acho muito positivo isso para a Câmara”.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas