Política

Após aprovação na Câmara, MP da Liberdade Econômica deve passar no Senado, diz Otto

[Após aprovação na Câmara, MP da Liberdade Econômica deve passar no Senado, diz Otto]
Por: Vagner Souza/ Arquivo BNews Por: Pedro Vilas Boas 0comentários

Na avaliação do senador Otto Alencar, líder do PSD na Casa, a Medida Provisória (MP) 881/19 - conhecida como "MP da Liberdade Econômica" - deve ser aprovada com tranquilidade. "Eu considero completamente pacificada pra aprovar, sem maiores problemas", disse ao BNews, nesta quinta-feira (15), após aprovação da proposta na Câmara.

A MP estabelece garantias para a atividade econômica de livre mercado, impõe restrições ao poder regulatório do Estado, cria direitos de liberdade econômica e regula a atuação do Fisco federal. "Pode ser que um ou outro senador discorde, mas, pelo que vejo aqui no Senado, tem aprovação bem ampla aí. Não vi nenhum senador se colocando contra, não", afirmou.

Distoando de outros setores da esquerda, como parlamentares petistas, Otto viu com bons olhos a proposição da medida. "Ela destrava muito a burocracia. A burocracia pra ser vencida no Brasil tem que ser aprovada ainda outras propostas de legislação, pra diminuir essa dificuldade toda que você tem de tocar negócio, resolver essas questões. Hoje, com o avanço da internet, isso é uma necessidade, é quase uma necessidade pra avançar mais", acredita.

Em entrevista ao BNews na última terça-feira (13) durante manifestações contra a postura do governo Bolsonaro em relação à educação, o deputado federal Jorge Solla (PT) chamou a MP da Liberdade Econômica de "complemento da reforma trabalhista".

"Não vejo como minireforma trabalhista, respeito a opinião dos que discordam, mas não vejo como minireforma trabalhista. Às vezes, a descordância é até pelo fato de se colocar como oposição mesmo, de fazer um contraponto às coisas que o governo encaminha, e eu sou oposição às coisas do governo aqui no Senado, mas eu vejo como uma matéria que vai modernizar essas relações", disse.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas