Política

Leal nega que concorrerá a governador em 2022

[Leal nega que concorrerá a governador em 2022]
13 de Setembro de 2019 às 17:38 Por: Roberto Viana / BNews Por: Eliezer Santos e Márcia Guimarães 0comentários

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o deputado estadual Nelson Leal (PP), negou que tenha planos para concorrer ao Governo do Estado em 2022. Em entrevista ao BNews nesta sexta-feira (13), durante o 7º Encontro de Prefeitos da UPB, ele garantiu que a liderança maior de seu partido é o vice-governador João Leão (PP), o que o colocaria na frente da disputa pela cadeira mais importante do Executivo estadual.

 “Eu sou deputado e candidato à reeleição. Quero muito ter a oportunidade de continuar representando, com muita dignidade, muita vontade, muito carinho, o povo baiano na Assembleia da Bahia”, afirmou Leal. Ele aproveitou o evento com os prefeitos para costurar novas alianças e fazer com que novos políticos entrem no PP.

“O PP está fazendo um trabalho de ampliar as suas bases, o que é normal e natural. Acho que todos os partidos agora estão procurando novos filiados, afinal de contas nós estamos na véspera das eleições municipais e vejo que a gente está ganhando musculatura. Espero que prefeitos, ex-prefeitos e lideranças importantes possam vir a somar fileiras no nosso partido para que a gente seja cada vez mais respeitado, mais forte, mas sempre procurando desenvolver um trabalho de ser um partido que procura sempre trabalhar por uma Bahia e um Brasil ainda melhores”, contou o deputado.

Coronel

Leal ainda comentou a aprovação com ressalvas das contas referentes ao exercício de 2017 do então deputado estadual e presidente da AL-BA, Angelo Coronel (PSD), que agora está no Senado. Ele minimizou o fato de o Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) ter apontado irregularidades, pois “todas as necessidades que tinham para a aprovação foram alcançadas”.

Questionado se os erros cometidos por Coronel no comando da AL-BA serviriam como exemplo para que sua gestão não os repetisse, ele evitou polemizar. “Toda administração é extremamente complexa, nós estamos procurando fazer a nossa administração acertando o máximo possível. Tenho colocado muito para o corpo nosso técnico para gente tentar fazer com que ela seja bastante assertiva e espero que a gente conduza com muita serenidade, tranquilidade, sobretudo tendo sempre uma aproximação muito grande com a sociedade”, respondeu.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas