Política

PSL junta munição contra a defesa de Bolsonaro

[PSL junta munição contra a defesa de Bolsonaro]
12 de Outubro de 2019 às 09:48 Por: BNews/Vagner Souza Por: Redação BNews 0comentários

A cúpula do PSL decidiu se armar contra Jair Bolsonaro. A informação é da coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo. Dirigentes dizem que a sigla já está cotando, por conta própria, empresas que possam analisar suas contas (o presidente cobra auditoria de 2014 a 2019).

 Prevendo que o embate vai acabar na Justiça, eles reúnem argumentos para questionar a atuação da advogada Karina Kufa, que deixou de representar a legenda para defender só a Bolsonaro. Será levantado um questionamento ético, já que ela está trabalhando contra o partido após um longo período trabalhando a favor dele.

A publicação informa ainda que a cúpula do PSL não só não conta como também não faz a mínima questão de manter Bolsonaro e o grupo mais radical de deputados entre seus quadros. O plano A da sigla a partir da ruptura com o presidente é investir na articulação de uma fusão com outra legenda.

Os filhos do presidente, o senador Flávio e o deputado Eduardo Bolsonaro indicaram a aliados que ainda estão convencidos de que o ideal, neste momento, é pacificar a relação entre o pai e o presidente do PSL, Luciano Bivar (PE).

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

Eduardo Entrevista

Mais Lidas