Política

Marcos Mendes critica Governo Bolsonaro sobre atuação no derramamento de óleo

[Marcos Mendes critica Governo Bolsonaro sobre atuação no derramamento de óleo]
Por: Vagner Souza/BNews Por: Luiz Felipe Fernandez e Marcio Smith 0comentários

O vereador Marcos Mendes (PSOL), presente no protesto de pescadores na manhã desta sexta-feira (22), na sede do Superintendência Federal de Agricultura na Bahia, criticou a demora do Governo Bolsonaro em agir quanto ao desastre ambiental do derramamento de óleo e o acusou de negligência por conta de ter ocorrido na região do Nordeste.

 "Imagine, existe um plano nacional de contingência para incidentes com poluição por óleo nas águas, sob jurisdição nacional, que é o decreto 8.127/2013. Vão fazer três meses e ele não deu início a esse decreto [...] O pessoal solicita uma verba emergencial para ajudar durante toda essa crise, isso é muito justo. Qualquer presidente responsável faria isso, eu tenho dito que isso está acontecendo porque é no Nordeste, se fosse no Sul e no Sudeste, eles já teriam feito algo, acho que ele tem que ser acusado de crime de lesa-pátria e lesa-humanidade", declarou o vereador.

Mendes também criticou a demora do Governo em assinar o decreto que libera seguro aos atingidos pelo desastre ambiental. O psolista atentou também para o prejuízo econômico do desastre com o derramamento de óleo. 

"Eles já estão sendo atingidos economicamente, estão sem dinheiro. Primeiro, eles queriam fazer um adiantamento do seguro-defesa, o que não ia resolver, então recuaram disso. Mas, o seguro-defesa não resolve, visto que tem vários pescadores, pescadoras, marisqueiros e marisqueiras que não tem a carteira, ou está vencida ou não saiu ainda", declarou Mendes.


 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas