Política

Bolsonaro desiste de dar subsídios na conta de energia de igrejas

[Bolsonaro desiste de dar subsídios na conta de energia de igrejas]
Por: Antonio Cruz/Agência Brasil Por: Redação BNews 0comentários

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou nesta quarta-feira (15) que suspendeu as negociações quanto a subsídios a contas de energia de templos religiosos. Como revelado pelo jornal O Estado S. Paulo, o governo preparava um decreto para adotar a medida, a pedido do próprio presidente, mas que não foi bem recepcionado por parte da equipe econômica do governo.

"Falei com o Silas Câmara [presidente da bancada evangélica na Câmara] e com o [missionário] R. R. Soares e está suspensa qualquer negociação nesse sentido", declarou Bolsonaro ao deixar o Ministério de Minas e Energia.

Na última terça-feira (14), Bolsonaro havia reclamado de que estava tomando "pancada" por conta da medida, mas que ainda não tinha uma decisão sobre o assunto.

Pelo decreto que estava em estudo no governo, os templos passariam a pagar tarifas no horário de ponta, quando existe um consumo maior, iguais às cobradas durante o dia, que são mais baratas. Nesses horários de pico, o consumo de energia pode ficar até 50% maior, e as taxas de uso podem subir até 300%, nesse período que os templos costumam realizar seus cultos. 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas