Política

Bolsonaro diz que não vai "se meter" nas eleições se o seu novo partido não for criado

[Bolsonaro diz que não vai
Por: Antônio Cruz / Agência Brasil Por: Redação BNews 0comentários

Importante cabo eleitoral para muitos candidatos, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pode se recusar a emprestar a sua popularidade para as eleições deste ano, caso o seu novo partido, Aliança pelo Brasil, não seja oficializado a tempo do pleito.

"Se meu partido não tiver candidato, não vou me meter em política municipal no corrente ano, ponto final", disparou o presidente em conversa com a imprensa, na saída do Palácio do Planalto.

Apesar da urgência, ele avisou que não irá viajar para participar de eventos em apoio à fundação do Aliança pelo Brasil. Segundo informações do Estadão, ele ainda não se decidiu sobre a ida ao encontro da sigla no próximo dia 18, em Brasília.

Em meio à polêmica em torno do "fundão" eleitoral no valor de R$ 2 bilhões, Bolsonaro voltou a prometer que nenhum candidato do Aliança será autorizado a usar este recurso, mesmo após sinalizar que a proposta será sancionada. 

"A gente espera, brevemente, criar um novo partido, que não vai ter fundão neste ano, nem em 2022. A gente não vai usar, porque é um dinheiro que sai, realmente, do povo, que podia ser aplicado melhor em outro local", disse.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas