Política

"É uma ofensa ao povo", diz Otto após fala de secretário relacionada ao nazismo

[
Por: Arquivo BNews Por: Redação BNews 0comentários

O senador Otto Alencar (PSD), foi mais uma das autoridades a se manifestar contra a fala do agora ex-secretário nacional de Cultura, Roberto Alvim, que fez um discurso direcionado à classe artística parafraseando uma declaração nazista.

“É inaceitável representantes, gestores públicos com esse tipo de pensamento. Os brasileiros não merecem alguém que defende  a barbárie  do nazismo. É uma ofensa ao povo. Foi acertada a saída do secretário nacional de Cultura”, disse o senador.

Após a repercussão negativa da declaração de Alvim, o presidente Jair Bolsonaro oficializou sua demissão. 

No vídeo divulgado pela Secretaria Especial de Cultura no Twitter, Alvim afirma: "A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes de nosso povo, ou então não será nada".

De acordo com o livro "Goebbels: a Biography", de Peter Longerich, o ministro nazista Joseph Goebbels afirmou: "A arte alemã da próxima década será heroica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada" 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas