Política

Coronel diz que já está em "autoisolamento" após se encontrar com senador com suspeita de coronavírus

[Coronel diz que já está em
Por: Pedro França/Agência Senado Por: Pedro Vilas Boas 0comentários

O senador pela Bahia Angelo Coronel (PSD) afirmou, em entrevista ao BNews nesta quinta-feira (12), que já está em "autoisolamento", após se encontrar com Nelsinho Trad (PSD-MS) nos corredores do Congresso, na quarta-feira (11). Hoje, tanto o sul-matogrossense quanto Jorginho Mello (PL-SC) estão em isolamento domiciliar e foram orientados a não irem ao parlamento.

"Ele vai fazer os exames hoje, e eu deverei fazer amanhã", informou, em conversa por telefone.

Coronel ainda disse que vai orientar os colegas de Casa a também adotarem medidas de prevenção. "Vou aconselhar a todos os senadores fazer [exame], já que ele transitou ontem juntamente com Jorginho. Como também a Câmara dos Deputados deve fazer", completou.

Ele disse que decidiu, por conta própria, se "isolar" em Brasília, para evitar transmitir o vírus em solo baiano. "Não embarquei, tô só em Brasília, pra aguardar a novidade. Não quero ser veículo de disseminação", disse.

O senador Otto Alencar, líder do PSD na Casa, está afastado das atividades desde o final de semana, quando seu irmão Cícero Alencar sofreu um infarto e morreu.

Comitiva nos EUA

Os senadores Jorginho Mello (PL-SC) e Nelsinho Trad (PSD-MS), que estavam na comitiva brasileira que foi aos Estados Unidos acompanhar o jantar de Jair Bolsonaro e Donald Trump, foram orientados a não irem ao Congresso nos próximos dias.

Eles estavam juntos ao secretário de Comunicação, Fábio Wajngarten, infectado com o novo coronavírus.

Segundo o site O Antagonista, os senadores trabalharam normalmente no Congresso na quarta-feira (11). Eles ainda farão o exame para saber se também foram infectados.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas