Política

“Grave, gravíssimo”, classifica Rui sobre as denúncias de Moro sobre interferência na PF

[“Grave, gravíssimo”, classifica Rui sobre as denúncias de Moro sobre interferência na PF]
Por: Arquivo/BNews Por: Redação BNews 0comentários

O governador Rui Costa (PT) durante uma transmissão online nesta sexta-feira (24) classificou o discurso do ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que deixou o cargo nesta manhã, com "gravissímo"e uma "verdadeira delação premiada" contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

"O ministro afirmou que o presidente quer sair colocando na Superintendência Geral da Polícia Federal e nas regionais pessoas que ele possa ligar, tomar informações e pegar dados de investigações que estão em andamento. Então, é uma confissão de que o presidente pretende cometer crime de responsabilidade", disse Rui completando que é necessário um posicionamento do Congresso e do Supremo sobre o assunto.

O ex-ministro justificou que a falta de carta branca para decidir nomes no Ministério, a falta de autonomia e a interferência do presidente Bolsonaro nas investigações, o fizeram pedir demissão do cargo. "Não tenho como ficar sem que tenha condição de trabalho, sem preservar a autonomia da polícia federal, ou sendo forçado a assinar uma concordância com interferência política", disse Moro.

 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas