Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Guedes compara servidores públicos a "assaltantes"; sindicato da PF na Bahia repudia declaração

[Guedes compara servidores públicos a "assaltantes"; sindicato da PF na Bahia repudia declaração]
16 de Maio de 2020 às 09:46 Por: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil Por: Redação BNews

O ministro Paulo Guedes voltou a criticar o funcionalismo público, ao falar mais uma vez sobre o congelamento de salários dos servidores, como contrapartida do projeto de auxílio a estados e municípios. 

O Sindicato dos Policiais Federais no Estado da Bahia (SINDIPOL-BA) repudiou as declarações de Guedes. Em nota, condenaram “veemente” o “ataque” do líder da pasta da Economia aos “servidores púbicos”.

Em coletiva de imprensa na noite desta sexta-feira (15),  o ministro pediu que “não assaltem o Brasil” em um momento em que a nação está de “joelhos”.

“Por favor, não assaltem o Brasil, quando o gigante está de joelhos”, disparou Guedes, que garantiu que o presidente Bolsonaro “assumiu o compromisso” de impedir reajustes salariais.

Guedes acrescentou ainda que esta próxima semana será definitiva para validar o projeto que socorre estados e municípios, prejudicados pela queda na arrecadação de impostos diante da crise da Covid-19.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso