Política

Bolsonaro admite que recebeu informações privilegiadas sobre investigação contra seus filhos

[Bolsonaro admite que recebeu informações privilegiadas sobre investigação contra seus filhos]
Por: Reprodução/ Redes sociais Por: Márcia Guimarães 0comentários

O presidente Jair Bolsonaro admitiu que foi informado, com antecedência, por policiais do Rio de Janeiro sobre operações que ocorreriam na casa de seus filhos. A declaração foi dada na noite desta sexta-feira (22) após a enorme repercussão do vídeo de sua reunião ministerial, divulgado pela Justiça. 

“O tempo todo vivendo sob tensão, possibilidade de busca e apreensão na casa de filho meu, onde provas seriam plantadas. Levantei isso porque, graças a Deus, tenho amigo policiais civis e policiais militares no Rio de Janeiro [informando] o que tava sendo armado pra cima de mim”, confessou Bolsonaro. 

Sobre o ex-ministro Sergio Moro, o presidente disse que mandou que seu ex-aliado não permitisse que ele fosse chantageado. “Moro, eu não quero que me blinde, mas você tem a missão de não deixar eu ser chantageado. Nunca tive sucesso pra nada. É obrigação dele me defender. Não é me defender de corrupção, de dinheiro encontrado no exterior. É defender o presidente pra que ele possa trabalhar, pra que possa ter paz”, acrescentou.
 

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas