Política

Planalto segura nomeação de ex-diretor da PF que fez Moro deixar governo há mais de três meses

[Planalto segura nomeação de ex-diretor da PF que fez Moro deixar governo há mais de três meses]
Por: José Cruz/Agência Brasil Por: Redação BNews 0comentários

A nomeação de Maurício Valeixo para ser adido da Polícia Federal em Lisboa aguarda há mais de quatro meses para ser efetivada. De acordo com informações do colunista da revista Época, Guilherme Amado, quando se pergunta nos gabinetes de Brasília sobre a quantas anda a situação, a resposta segue a mesma: Que a nomeação está "encaminhada".

Ex-diretor-geral da PF, Valeixo foi o pivô da crise que levou o ex-ministro da Justiça Sergio Moro a deixar o governo Bolsonaro. Ele deixou o comando da corporação em 24 de abril, quando foi publicada no Diário Oficial a exoneração "a pedido", assinada pelo presidente da República - que nunca havia sido a pedido.

Desde então, Valeixo está à espera da nomeação para a adidância. Também segundo a publicação, a papelada já está na Casa Civil há semanas e depende da assinatura de Jair Bolsonaro (sem partido).

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas