Política

Prefeito de Madre de Deus confirma tentativa de homicídio, mas não crê em motivação política

[Prefeito de Madre de Deus confirma tentativa de homicídio, mas não crê em motivação política]
Por: Arquivo Pessoal Por: Redação BNews 0comentários

O prefeito de Madre de Deus, Jailton Polícia (PTB), confirmou neste sábado (5) em entrevista à rádio BandNewsFM que foi alvo de uma tentativa de homicídio na noite passada. O policial militar com experiência de mais de uma década acredita, contudo, que o ataque a tiros não teve motivação política, já que a disputa na cidade sempre foi "pacata" e "ordeira".

Para o petebista, não há a chance de ele ter sido confundido com outra pessoa, pois ficou claro que os suspeitos já o vigiavam antes da ação. Os dois homens, que fugiram em seguida em uma moto, aguardaram o momento que Jailton parava pra jogar o lixo fora, e dispararam contra o veículo que dirigia.

"Nunca tive esse tipo de envolvimento com esse tipo de coisa [...] a política em Madre de Deus sempre foi pacata, ordeira. Temos discursos acaloradas, mas nada que possa atribuir estes fatos a qualquer pessoa. Não posso ser imprudente", pondera Jailton, que está há 4 meses no cargo desde o afastamento de Jeferson Andrade.

Ele sofreu um atentado na noite desta sexta-feira (4) enquanto seguia de carro com um assessor para uma reunião no centro da cidade. De acordo com as primeiras informações, os disparos foram feitos por dois homens que estavam em uma motocicleta a poucos metros na saída da casa do prefeito, numa região conhecida como Caípe.

Jailton, que tem porte de arma federal por ser policial militar, revidou o ataque contra os e acredita que a sua reação frustrou os crimonosos. O prefeito em exercício não foi atingido por nenhum disparo e foi levado ao hospital devido a uma luxação na perna, decorrente da "movimentação" durante o ocorrido.

A 21a Delegacia Territorial (DT/São Francisco do Conde) investigará o ataque.

Candidato à reeleição na cidade, Jailton confirmou que procurou o secretário de Segurança do Estado, Maurício Barbosa, para que o policiamento seja reforçado na região nos próximos dias.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Leia os termos de uso

jusnews

Na Sombra do Poder

PodCast

Mais Lidas