Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Política

Geddel nega definição em reunião com ACM Neto

[Geddel nega definição em reunião com ACM Neto]
01 de Fevereiro de 2014 às 06:39 Por: Lucas Esteves (Twitter: @lucasesteves)
O presidente estadual do PMDB, Geddel Vieira Lima, participou de uma reunião a portas fechadas com o prefeito ACM Neto na tarde desta sexta-feira (31), mas negou que tenha havido definição de quem finalmente será escolhido como o nome das oposições na Bahia para as eleições deste ano. A reunião havia sido confirmada pelo pré-candidato ao Bocão News nesta quinta durante o festival de Verão, mas o máximo ocorrido, segundo ele, foram progressos no entendimento.
 
O prefeito é apontado por todos como o condutor do processo no bloco opositor mas, segundo Geddel, não bateu o martelo no encontro de hoje. Entretanto, o peemedebista revelou que é possível que haja um ponto final no processo na semana que vem. Sobre as possibilidades, o ex-ministro foi vago. “O processo está se afunilando”.
 
A nova reunião surge durante um momento em que circulam boatos de que o pré-candidato do DEM, Paulo Souto, teria desistido de lançar seu nome ao governo, o que abre o caminho para Geddel. Apoiadores do ex-governador, entretanto, rechaçam a possibilidade e a consideram bastante difícil de ocorrer. Mais razoável, por outro ângulo, é acreditar que todo o processo se atrasa por conta de pesquisas eleitorais.
 
As últimas consultas se desenrolam por diversas regiões do estado atualmente. De acordo com o deputado federal Antônio Imbassahy (PSDB), em entrevista ao Bocão News no último domingo, há diversas consultas populares na rua atualmente. Ele revelou que há resultados “animadores”, mas desconversou quanto a dizer quem surge melhor no cenário. Na próxima semana, é possível, portanto, que muitas destas consultas tenham sua contabilidade fechada, o que ajudará o bloco a nortear sua decisão final.

Publicada no dia 31 de janeiro de 2014, às 19h53
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso