BNews Folia

Prefeito diz que 2013 fecha um ciclo de gestão do Carnaval

[Prefeito diz que 2013 fecha um ciclo de gestão do Carnaval]
31 de Janeiro de 2013 às 06:51 Por: Roberto Viana Por: Lucas Esteves (Twitter: @lucasesteves)
Enigmaticamente, o prefeito ACM Neto disse na coletiva de apresentação do patrocínio da Ambev que, para ele, 2013 era um ano em que se encerrava um ciclo de gestão no Carnaval de Salvador e se iniciava outro. A declaração deixou jornalistas curiosos mas, segundo o prefeito, os detalhes ainda não podem ser revelados e a espera deve durar até a Quarta-Feira de Cinzas.
 
Aos poucos, ACM Neto revelou alguns pontos de mudanças que deverão acontecer a partir da festa do ano que vem. Boa parte destas mudanças são encaradas pelo prefeito como “desafios” da nova gestão e têm a ver com a forma de encarar problemas históricos como o ordenamento de ambulantes, organização de percursos, revisão de modelo de divisão de valores e melhoria de serviços e atendimento. Isto, afirmou ele, deverá “trazer mais oxigênio” à lógica carnavalesca em Salvador.
 
Mesmo com as mudanças mais bruscas previstas apenas para a partir do ano que vem, Neto afirma que em 2013 a festa já está mais bem organizada e eficiente que a do ano passado, coordenada pelo ex-prefeito João Henrique. “Tenho convicção de que teremos um Carnaval este ano muito melhor que o do ano passado. Tomamos providências já desde o período de transição e mobilizamos todos os órgãos para que as mudanças pudessem desde já impactar na população”, atestou o prefeito.
 
Para a execução dos percursos do Carnaval, Neto promete que a maioria das alterações visará valorizar o circuito do Campo Grande. Ainda este ano, a ideia é apresentar a força do circuito promovendo a abertura do Carnaval no Osmar e mantendo-a por lá definitivamente. Após a entrega das chaves da cidade ao Rei Momo, o Chiclete Com Banana puxará o Bloco Skol sem cordas até a Praça Castro Alves. Além disto, haverá uma série de atrações internacionais no palco da praça, a exemplo da Banda Calypso e Gaby Amarantos.
 
O prefeito acredita que o atual modelo do Carnaval não valoriza o Campo Grande e o retorno da força midiática no percurso é benéfico para toda a comunidade que se beneficia da festa na cidade. “Considero que a ‘foto’ da Praça Castro Alves é a mais bonita do Carnaval de Salvador. Temos duas mais marcantes, que são a do Farol da Barra e a da Praça, mas esta, com a visão da Baía de Todos os Santos, acredito que seja mesmo a mais bonita”.

Publicada no dia 30 de janeiro de 2013, às 14h31
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar