Brasil

Professores decidem manter greve no Paraná

[Professores decidem manter greve no Paraná]
05 de Maio de 2015 às 23:33 Por: Divulgação Por: Agência Brasil
Os professores e trabalhadores na educação do Paraná decidiram hoje (5), por unanimidade, manter a greve iniciada no dia 25 de abril em todo o estado. Pela manhã, a categoria protestou contra a violência policial na manifestação ocorrida na última quarta-feira (29), quando ficaram feridas mais de 200 pessoas, segundo a prefeitura de Curitiba.
 
Sob os gritos de “a greve continua” a categoria – que representa 70% do funcionalismo público do estado – optou pela continuidade do movimento, especialmente contra o projeto de lei que alterou o regime previdenciário dos servidores públicos estaduais.
 
Cerca de 10 mil educadores de todo o estado, de acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Paraná (APP-Sindicato), participaram da assembleia no Estádio Dorival Britto e Silva (Vila Capanema).
 
Antes da assembleia desta terça-feira, houve reunião entre o comando de greve e representantes do governo do estado para tratar da pauta de reivindicações. Além de se posicionarem contra o projeto, os educadores reivindicam reajuste de 13,1% retroativo a data-base, realização de concurso público e melhores condições de trabalho.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar