Cidades

Monitores da CASE paralisam atividades e fazem lista de reivindicações

[Monitores da CASE paralisam atividades e fazem lista de reivindicações]
13 de Maio de 2015 às 16:55 Por: Juarez Matias Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)

Monitores paralisaram as atividades na Comunidade de Atendimento Socioeducativo (CASE), em Salvador, na tarde desta quarta-feira (13). Os profissionais realizaram uma manifestação na porta da unidade alegando atrasos de salários e tratamento digno aos funcionários.

"Ô, ô, ô, o monitor parou", foi o cântico entoado pelos funcionários da CASE durante o protesto.

De acordo com os monitores, há também uma precariedade na condições de trabalho do local. Na CASE, são 326 adolescentes com 68 socioeducadores, mas, segundo a lei referente a profissões - Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo - para cada 3 adolescentes deveria ter 1 socioeducador, ou seja, mais 42 profissionais deveriam ser contratados para trabalhar na unidade.

Veja abaixo a lista de solicitações dos profissionais da CASE:

*Com informações do repórter Tony Silva

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar