Cidades

Após estupro, médicos do Hospital São Rafael protestam contra falta de segurança

[Após estupro, médicos do Hospital São Rafael protestam contra falta de segurança]
19 de Maio de 2015 às 08:01 Por: Redação Bocão News (Twitter: @bocaonews)
 
Na manhã desta terça-feira (19), trabalhadores do Hospital São Rafael, em Salvador, fazem um protesto em frente a unidade de saúde. A categoria protesta contra a falta de segurança no trabalho. A manifestação não atrapalha o trânsito.
 
 
O caso
Uma médica do Hospital São Rafael foi assaltada e violentada sexualmente após sair do trabalho na noite da última sexta-feira (15), no bairro de São Marcos, em Salvador. A médica foi abordada ainda no estacionamento  Well Park, em frente a unidade de saúde, por um homem que trajava um jaleco branco e estava armado. Ele fez ameaças e obrigou a mulher a entrar no veículo, um Honda Civic.
 
Ao sair do estacionamento, o assaltante levou a médica para o Banco do Brasil em Águas Claras para sacar dinheiro. Ao encontrar a agência fechada, ele dirigiu até um matagal no mesmo bairro e violentou a médica.
 
Após a ação, o assaltante fugiu e a médica foi socorrida pela polícia por volta das 22h. Ela já fez exame de corpo de delito no Departamento de Polícia Técnica (DPT), e a a 10ª DT investiga o crime.
Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Compartilhar