Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Coronavírus

Vídeo: Prefeitura interdita quatro bares e encerra aglomeração na Pituba e Calabetão, em Salvador

[Vídeo: Prefeitura interdita quatro bares e encerra aglomeração na Pituba e Calabetão, em Salvador]
22 de Novembro de 2020 às 12:15 Por: Divulgação/ Sedur Por: Redação BNews

A Força-tarefa da Prefeitura, liderada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) interditou, neste sábado (21), quatro bares nos bairros da Boca do Rio, Imbuí, Boa viagem e Itacaranha. Segundo a Sedur, os estabelecimentos não estavam cumprindo as normas gerais de funcionamento e o protocolo setorial, medidas obrigatórias para que os bares possam funcionar em Salvador, em meio à pandemia do coronavírus.  

Durante a operação, que contou com o apoio da Policia Militar e da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), duas aglomerações foram dispersadas, uma na Rua Guillard Muniz, no bairro da Pituba, como noticiado pelo BNews, e a outra no bairro do Calabetão.  Além disso, uma pizzaria na Pituba foi interditada por desobedecer ao horário máximo de funcionamento. 


“Não vamos permitir aglomerações nas ruas e nos estabelecimentos, seguiremos fiscalizando todos os dias. É preciso que as pessoas tenham consciência de que a pandemia ainda não acabou e que haja colaboração de todos para que a retomada das atividades continue de forma segura e preservando vidas”, afirma o secretário da Sedur, Sérgio Guanabara. 


No total, a Sedur realizou 437 vistorias em estabelecimentos comerciais, nos bairros do Rio Vermelho, Pituba, Boca do Rio, Imbuí, Mussurunga, São Cristóvão, Itapuã, Nova Brasília de Itapuã, Praia do Flamengo, Stella Maris, Paripe, Periperi, Alto da Terezinha, Rio Sena, Itacaranha, Plataforma, Boa Viagem, Bonfim, Calabetão e Pirajá.

Os comentários não representam a opinião do portal; a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso